Secretário de Saúde de Patos confirma que suspensão de recurso para o SAMU será desbloqueado mediante esclarecimento da gestão



O secretário de Saúde de Patos, José Francisco de Sousa (Zeca), se pronunciou sobre a PORTARIA Nº 2.151 do Ministério da Saúde, publicada na última segunda-feira: 17/08/2020, no Diário Oficial da União, informando a suspensão do repasse de recurso financeiro destinado ao incentivo mensal de qualificação da Central de Regulação das Urgências (CRU), Unidades de Suporte Avançado (USA) e Unidades de Suporte Básico (USB), destinadas ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192) do Município de Patos (PB).

Zeca explicou que a qualificação anual fica em torno de 800 mil reais, e que a suspensão foi em caráter provisório, uma vez que o município já está providenciando os esclarecimentos devidos para repassar ao Ministério da Saúde, a fim de promover o desbloqueio desse repasse.

Ele ainda detalhou que o Ministério da Saúde fez o mesmo questionamento e suspensão no ano de 2013, questionando o relatório emitido pelo município com as ações de qualificação do SAMU.

Em 2016, segundo acrescentou o secretário, essa mesma portaria foi emitida. E agora, em 2020, a portaria novamente foi emitida para questionar os anos de 2013 e 2016.

“Não foi falta de transmissão de dados da atual gestão. A gente quer aqui isentar o prefeito Ivanes e os secretários que passaram na pasta em 2020. Não foi com relação a esse tempo, como também em relação ao meu tempo, que estou há quinze dias no cargo, vamos dizer assim”, esclareceu o secretário.

Ele frisou que de acordo com a suspensão, o custeio do SAMU, que tem participação do governo federal, governo estadual e municipal, devia ter mais participação do município de Patos.

Portanto, o secretário garantiu que já está providenciando o envio das informações referentes aos anos de 2013 e 2016, além da atualização deste momento no tocante à qualificação do SAMU.

O intuito, conforme reforçou o secretário Zeca, é esclarecer todos os questionamentos e fornecer as informações que servirão para desbloquear no tempo mais breve possível, o incentivo financeiro suspenso de forma temporária.

Ouça o secretário:

Coordecom




Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal Patosonline.com não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.