Secretário de Finanças de Patos confirma que município só recebeu pouco mais de 2 milhões para combate ao coronavírus. Ouça



Não é mais segredo para ninguém que a população, imprensa e poder legislativo, estão constantemente cobrando esclarecimentos da Prefeitura de Patos em relação às verbas federais liberadas para o combate ao novo coronavírus na cidade de Patos.

Diante de inúmeros questionamentos que são lançados constantemente nos meios midiáticos, o secretário de Finanças da Prefeitura de Patos, Arnon Medeiros, confirmou à reportagem da Rádio Espinharas, nesta quinta-feira (21), que até o presente momento chegou o valor de 2 milhões e quatrocentos mil reais para a Prefeitura de Patos.

Segundo ele, o prefeito utilizou mais ou menos 200 mil na compra de materiais como álcool em gel, máscaras de proteção, medicamentos, dentre outros.

Arnon disse que ainda precisa se comprar muita coisa, a exemplo de outros medicamentos que estão sendo utilizados para tratar os pacientes de Covid-19, mas que está sendo muito difícil encontrar fornecedores.

Sobre a compra de respiradores para equipar os serviços de saúde do município, a exemplo da UPA, ele disse que o valor antes da pandemia chegava a 40 mil reais, e hoje um respirador é vendido por 70 mil. Mesmo assim ele disse que não se encontra no mercado.

E afirmou que o prefeito interino Ivanes Lacerda tem procurado investir essa verba na compra de insumos que sejam voltados para o combate à pandemia do novo coronavírus.

Verba de 10 milhões

O secretário garantiu que este valor está dentro de um montante de dinheiro destinado pelo governo federal para vários governadores e prefeitos, mas que a medida ainda precisa ser votada no congresso, para que o dinheiro posteriormente seja liberado. E disse que não é para ser usado na pandemia.

Ouça mais detalhes na entrevista que segue.

Arnon Medeiros

Matéria por Patosonline.com

Áudio – Higo de Figueiredo (Rádio Espinharas)

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com