Secretário de Administração diz que falha nos contracheques será corrigida na próxima folha de pagamentos dos servidores de Patos



Diante de reclamações de servidores públicos do Município de Patos sobre erro nos contracheques relativos ao mês de janeiro, a reportagem do Patosonline.com fez contato com o secretário de Administração do Município, Marcos Túlio.

O secretário esclareceu que o sistema não calculou o reajuste do salário mínimo e em decorrência disso aconteceram problemas, porém, serão corrigidos no próximo pagamento da folha. Em decorrência de tal falha, o adicional noturno e a insalubridade também tiveram erros de cálculo na soma final do contracheque.

No final de fevereiro, com os reajustes de mais uma parcela no salário mínimo, os cálculos serão refeitos sem prejuízos aos servidores, pois haverá reposição retroativa do valor e acréscimo dos demais.

“De fato! No mês de janeiro tivemos o reajuste do salário mínimo para R$ 1.039,00. Quando nós fizemos o fechamento da folha, o sistema não recalculou o contracheque dos servidores que ganham salário mínimo e que tem adicional noturno e insalubridade. Isso foi uma falha do sistema que a gente identificou e vai providenciar o ressarcimento na folha de fevereiro e as diferenças serão pagas…o salário vai para R$ 1.045,00 e teremos o cuidado para evitar novas falhas”, comentou Marcos Túlio.


Jozivan Antero – Patosonline.com