Secretária de saúde faz balanço positivo das ações em Patos, e reforça medidas do novo decreto de flexibilização



A Prefeitura de Patos, por meio da Secretaria de Saúde, vem desde o mês de março deste ano adotando medidas e realizando ações para minimizar o avanço do novo coronavírus, e dar assistência aos pacientes acometidos pela Covid-19.

Com a publicação do decreto municipal n°39/2020, na última segunda-feira (13), a cidade de Patos instituiu a bandeira amarela como forma de flexibilizar alguns setores econômicos e sociais.

Entretanto, as medidas de prevenção ainda devem ser adotadas com mais cautela, tendo em vista que dessa forma o município poderá ser contemplado com a bandeira verde, caso consiga bons resultados no tocante ao tratamento dos pacientes detectados e no controle da proliferação da doença.

Diante disso, a secretária de saúde de Patos, Francisca Lavor Furtado, concedeu entrevista nesta manhã de quinta-feira, dia 16 de julho, para fazer um balanço de todo o processo de combate ao Covid-19.

A secretária iniciou lembrando que o centro de testagem para o Covid-19 (recém-inaugurado), está dando andamento aos testes em pacientes que estavam na lista de espera, de segunda a sexta, das 08h às 12h. Em caso positivo, o paciente é encaminhado para acompanhamento na UPA ou nas unidades de saúde que funcionam como âncoras.

Outro ponto positivo para o município de Patos foi a chegada dos medicamentos que o Ministério da Saúde tem adotado para tratar a doença. As farmácias básicas já estão disponibilizando, desde que o paciente apresente a prescrição médica.

Em se tratando do avanço de casos detectados, que neste mês de julho ultrapassou a marca dos 2 mil, Francisca Lavor explicou que apesar desse crescimento, os casos recuperados também estão aumentando a cada dia, e os pacientes com sintomas respiratórios graves estão regredindo na UPA 24 horas.

Segundo a secretária, município e estado estão munidos de respiradores e leitos para atender a demanda atual de pacientes mais graves. Na UPA 24 horas, por exemplo, os leitos serão ampliados para 26, após conclusão das obras. Dentre os 7 respiradores instalados, 5 foram doados pelo deputado federal Hugo Motta.

Sobre a flexibilização da bandeira amarela, a secretária de saúde considerou que a gestão municipal dispõe de estrutura adequada para continuar avançando no controle do coronavírus. Mas ressaltou que deve haver colaboração dos setores comerciais e da população. Desta forma, se torna essencial que a Vigilância Sanitária e órgãos parceiros façam valer as determinações do novo decreto.

Sobre a disponibilidade de testes rápidos, Francisca Lavor esclareceu que o município recebeu um total de 9.360, e que já foram realizados pouco mais de 7 mil. Ela também pontuou que os testes foram importantes para garantir a segurança dos profissionais de saúde e segurança, e ainda da população em geral.

Para pacientes com sintomas graves, o município também dispõe de outros métodos laboratoriais para diagnóstico da Covid-19, disponíveis na UPA 24 horas.

Ouça:


Francisca Lavor Furtado

Coordecom




Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal Patosonline.com não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.