• Dra Milena
Sertão

Secretaria de Saúde do Estado monitora caso suspeito de varíola dos macacos no Sertão

ÓTICAS GUIMARÃES

O caso de um homem natural do município de Sousa, Sertão da Paraíba, com suspeita da doença Monkeypox, a varíola do macaco, está sendo monitorado pelas secretarias de Saúde da Paraíba e do Rio Grande do Norte. A informação foi confirmada por Amanda Silveira, secretária de Saúde de Sousa.

Segundo a gestora, o paciente apresentou sintomas quando se encontrava no estado do Rio Grande do Norte e a secretaria municipal está aguardando informações mais detalhadas para iniciar a investigação dos familiares em Sousa.

Amanda também explicou sobre o fato do caso suspeito ter sido contabilizado para Sousa.

“Apresentou sintomas lá, não está em Sousa. Como o cartão do SUS é de Sousa, o caso contabiliza para a cidade de residência, não a da ocorrência”, disse.

Silveira ainda frisou que não há motivos para preocupação e que as pessoas devem redobrar os cuidados de higiene e isolamento dos pacientes.

“É importante destacar que é um caso suspeito, que naturalmente pode ser confirmado ou descartado. Não há motivo para alarde”, frisou.

Caso confirmado na capital

Nesta quinta-feira (04) a Paraíba registou o primeiro caso da varíola do macaco. A paciente é uma mulher de 22 anos, residente na cidade de João Pessoa. Além do sousense, outras cinco pessoas estão sendo observadas pelas autoridades sanitárias.

Das notificações contabilizadas na Paraíba, a faixa etária que mais registra casos prováveis é a que compreende pessoas entre 20 e 29 anos: são cinco notificações. O outro paciente tem idade entre 50 e 59 anos. Quatro dos casos investigados são homens.

Fonte: Blog do Levi


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo