Secretaria de Saúde da Paraíba tenta tirar leitos do HGT, mas o prefeito de Taperoá, acompanhado de vereadores e do padre Fabrício tentam impedir



A população e autoridades de Taperoá estão revoltados. Na manhã desta terça-feira (24), funcionários ligados ao Governo do Estado da Paraíba estão retirando alguns aparelhos e equipamentos de leitos do Hospital de Taperoá para serem levadas para hospitais de campanha contra o combate ao Covid-19 (novo coronavírus).

A retirada de aparelhos da unidade em Taperoá está causando uma grande revolta da população. O prefeito em exercício de Taperoá, Júnior de Preto, revoltado por não ter recebido qualquer explicação, colocou o seu veículo na frente do portão da garagem do hospital, para impossibilitar a saída do caminhão que está carregado com os aparelhos.

Além do prefeito Júnior de Preto, participam neste momento da mobilização, o presidente da Câmara, Birino Brito, alguns vereadores, o padre Fabrício Timóteo e populares do município

A Secretaria de Saúde da Paraíba durante os últimos dias já havia retirados outros equipamentos do hospital de Monteiro e está adotando essa medida com outras unidades no interior do Estado.

O outro lado

O secretário de saúde do Estado, Dr. Geraldo Medeiros, confirmou que está deslocando temporariamente os equipamentos não apenas de Taperoá, mas de outros hospitais do Estado, que não estão utilizando sua capacidade de leitos.

Dr Geraldo Medeiros informou que esses equipamentos são necessários para hospitais de Campina Grande e João Pessoa, que são as referências do Estado no combate ao coronavírus. Geraldo Medeiros garantiu que os equipamentos retornarão para os hospitais de origem após a pandemia.

De Olho no Cariri  com Taperoá Paraíba

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com