Policial

Secretaria de Meio Ambiente e Justiça incineram drogas em Patos

ÓTICAS GUIMARÃES

Uma parceria envolvendo a Justiça e Secretaria do Meio Ambiente de Patos resultou na manhã de hoje na incineração de drogas apreendidas na cidade correspondentes a 29 processos que já haviam sido julgados.

A incineração aconteceu nos fornos da fábrica Alumínio São Paulo, localizada no bairro São Sebastião. A escolha do local foi feita por uma equipe da referida secretaria municipal, a pedido do magistrado Gilberto Medeiros Rodrigues.

Além deste, compareceram à destruição das drogas, dentre outros, a promotora de Justiça Ana Guarabira e a gerente do setor de Fiscalização e Licenciamento da Secretaria do Meio Ambiente de Patos, Maria Goreti da Costa.

Ela diz que o juiz Gilberto Medeiros pedira a ajuda da referida secretaria para que procurasse o local mais adequado para a queima dos entorpecentes apreendidos. "Como está se transferindo para Guarabira, Gilberto Medeiros queria dar logo um fim aos entorpecentes depositados no Fórum da cidade e acabar com o cheiro forte exalado das drogas.

Pos isso solicitou nossa participação", explicou Goreti. Mais de dez quilos de maconha, além de crack e loló foram incinerados pela Justiça.

Marcos Eugênio

Foto/ilustração

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo