Secretária de Desenvolvimento Social com equipe do Programa Criança Feliz é reconhecida nacionalmente pela eficácia do Programa



O Programa Criança Feliz, executado pelo Governo da Paraíba, vem se tornando referência nacional. A Paraíba foi o segundo Estado da federação a aderir ao programa, em março de 2017. Atualmente, 184 municípios paraibanos estão em atividades e 85 já realizaram a expansão das metas estabelecidas pelo Ministério da Cidadania.

O programa é acompanhado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Humano (SEDH) e promove o acompanhamento infantil integral de crianças de 0 a 3 anos, gestantes beneficiárias do Bolsa Família, e crianças de até 6 anos que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC). Em âmbito nacional, o programa Criança Feliz foi instituído em outubro de 2016, pelo Decreto n º 8.869.

Durante os dois anos de execução na Paraíba, já foram realizadas 1.267.659 visitas nos municípios paraibanos. Na cidade de Patos, que foi contemplada com a ampliação do Programa, o Criança Feliz foi ampliado. Antes atendia 400 famílias no município e, com a expansão, passará a beneficiar 800 famílias. O reconhecimento é da Secretaria Especial de Desenvolvimento Social, através de políticas públicas para melhorar a qualidade de vida na primeira infância.

A gerente executiva da Proteção Social Básica da SEDH, Gilmara de Oliveira, enfatizou o quanto é gratificante saber que a Paraíba faz a diferença e que desenvolve políticas públicas com responsabilidade. “O Programa Criança Feliz na Paraíba vem somar aos demais serviços, programas e benefícios da rede socioassistencial, como uma importante ferramenta de acompanhamento da primeira infância”, observou.

“Nós sabemos a importância desse Programa para as gestantes e as crianças da região. Hoje desenvolvemos atividades e visitas às famílias com o princípio de gerar dignidade e garantir direitos fundamentais para todos os usuários integrantes do Programa”, comentou a secretária de Desenvolvimento Social de Patos, Edjane Araújo.

Criança Feliz – Em todo o país, 2.622 municípios aderiram ao Programa Criança Feliz e que já atendeu mais 552 mil crianças e gestantes. O programa tem como ponto central a visitação domiciliar. As famílias serão acompanhadas por profissionais capacitados que farão visitas periódicas para estimular o desenvolvimento infantil.

 

Secom-pb