Secretária de Desenvolvimento Social afirma que recursos do auxílio emergencial pagos indevidamente foram erros do governo federal. Ouça;



A secretária de desenvolvimento social da Prefeitura de Patos, Josemila Nóbrega, explicou no jornal Notícias da Manhã desta segunda-feira, 15, na Rádio Espinharas 97,9 FM, o recebimento indevido do auxílio emergencial de R$ 600,00 do governo federal, nas contas de 25.645 pessoas no estado da Paraíba, são provenientes de erros cometidos pelo governo federal.

Segundo Josemila, o governo federal depositou o valor correspondente a 18.099.000,00 (dezoito milhões, noventa e nove mil e seiscentos reais) nas contas de diversas pessoas que por razões diversas já havia cadastrado o Número de Inscrição Social-NIS, sem que houvesse a solicitação por parte do beneficiário.

Ela acrescentou que algumas pessoas já procuraram a Secretaria de Desenvolvimento Social em Patos, dando a informação de que receberam os valores de forma indevida e queriam devolver os recursos ao governo federal.

Mila Nóbrega orientou as pessoas inscritas no cadastro único e que não solicitaram o benefício a realizar o procedimento para devolução voluntária dos recursos, por meio do endereço eletrônico devolucaoauxilioemergencial.cidadania.gov.br. Ouça;

Secretária de Desenvolvimento Social Mila Nóbrega

Por Genival Junior – Patosonline.com




Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal Patosonline.com não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.