Saúde começa a distribuir novo lote com 2,5 milhões de doses da Coronavac



A previsão do  Ministério da Saúde é começar, no final da noite desta terça-feira (2), a distribuição de um novo lote de 2,5 milhões de doses da Coronavac para os 26 estados brasileiros e o Distrito Federal.

CNN teve acesso em primeira mão tanto ao informe técnico elaborado pela coordenação do Programa Nacional de Imunizações quanto à planilha de distribuição desse novo lote.

Segundo o informe técnico, oito novos estados receberão doses extras do chamado fundo estratégico. São eles: Rondônia, Roraima, Ceará, Paraíba, Sergipe, Paraná, Santa Catarina e Goiás.

Esse fundo é composto por 5% do total de doses de cada lote e beneficia estados que estão com situação mais crítica da Covid-19. Até então, somente Amazonas, Pará e Acre tinham sido beneficiados.

Ao todo, serão distribuídas 2.552.820 doses. Desse total, o Instituto Butantan já havia mandado diretamente para São Paulo 577.450 doses, cabendo ao ministério enviar um complemento de 16.150 doses.

De acordo com a planilha, as primeiras doses desse novo lote devem decolar em voos comerciais com previsão de partirem por volta das 22 horas desta terça-feira e de chegarem aos destinos finais na madrugada desta quarta-feira (3).

Os voos levarão doses para 12 estados: Roraima, Amazonas, Maranhão, Paraíba, Tocantins, Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Pará, Vitória e Goiás.

As doses para os demais estados devem decolar em voos ao longo da quarta-feira (3). Segundo a tabela, as vacinas devem chegar aos destinos até a tarde de amanhã.

No caso de São Paulo, as 16.150 doses irão por rodovia. À CNN, o presidente do Instituto Butantan, Dimas Covas, explicou que esse número é apenas uma complementação.

“As [doses] de São Paulo mandamos diretamente. O ministério complementa quando ficou abaixo do saldo que temos direito”, explicou o presidente do Butantan à coluna.

Por Igor Gadelha, CNN