• Dra Milena
Politica

Sargento Patrian se pronuncia após ter requerimento negado pela Câmara; líder do prefeito explica situação

ÓTICAS GUIMARÃES

O Sargento Patrian (Rede) apresentou um requerimento à Câmara Municipal de Patos pedindo à secretaria de saúde do município uma lista completa com todos os atendimentos prestados à população. Entretanto, o pedido foi negado pela maioria dos vereadores, que votaram contra o requerimento do parlamentar.

Patrian disse que queria fiscalizar o serviço de saúde em Patos, por isso fez o requerimento solicitando os atendimentos ao público nas unidades de saúde municipais. Ele lamentou que o seu requerimento tenha sido reprovado e disse que vai pessoalmente à secretaria de saúde.

“Eu apresentei um requerimento solicitando nomes e os tipos de atendimentos clínicos, para que possamos fiscalizar quem são os cidadãos que estão sendo atendimentos e quantos estão vindo das cidades circunvizinhas. Estávamos buscando um número certo de pessoas que estão vindo de fora, mas pra isso temos que saber o que está acontecendo na nossa cidade. Se não está sobrando, temos que oferecer a preferência ao cidadão patoense, e estou buscando”, justificou o vereador.

O líder do prefeito na Câmara, Sales Junior (Republicanos), disse que a prefeitura jamais negou dados quando foram solicitados, mas que este em específico foi negado por uma questão maior. Segundo ele, a prefeitura não pode ceder dados pessoais dos cidadãos, como foi solicitado nomes.

“O município já deu provas de que não há dificuldade nenhuma em dar informações que sejam solicitadas por qualquer vereador, informações que podem ser divulgadas. Recentemente, Patrian solicitou informações de cada secretaria sobre o abastecimento, e em menos de seis dias os dados foram entregues na Câmara, porque são informações técnicas e podem ser divulgadas a qualquer cidadão. Mas em relação aos dados pessoais, nome e endereço do cidadão que é atendido pela secretaria de saúde do município, existe a lei geral 13.709/2018, de Proteção de Dados, garante que essas informações não sejam divulgadas”, explicou o vereador Sales.

Vereador Sargento Patrian
Vereador Sales Júnior

Patosonline.com


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo