São José do Sabugi faz eleição suplementar neste domingo



São José do Sabugi, município localizado no Sertão paraibano, realiza neste domingo, 14, eleições suplementares. O ex-prefeito Manoelzinho Domiciano se elegeu em outubro passado, mas teve sua candidatura indeferida por causa de irregularidade em sua prestação de contas.

O município tem mais de quatro mil habitantes e cerca de 3.218 eleitores vão as urnas para escolher o novo prefeito da cidade. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) indeferiu o registro da candidatura de Manoelzinho Domiciano, ordenando novas eleições.


Desde então, a cidade passou a ser administrada pelo presidente da Câmara Municipal. Neste final de semana, São José do Sabugi voltará a normalidade por causa do pleito que irá eleger o novo prefeito, cuja disputa está entre o comerciante Eguinaldo Eulâmpio (PMDB) e Nelis Dantas (PSDB).


O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PB) encaminhou 24 urnas eletrônicas ao município. Também, adotou algumas medidas de segurança, a exemplo da requisição de tropas federais e militar para garantir a tranqüilidade do pleito.


As principais lideranças políticas do Estado participaram da última atividade de campanha no município. De um lado, o governador Cássio Cunha Lima (PSDB) e os senadores Efraim Morais (DEM) e Cícero Lucena (PSDB), que defendem à candidatura de Nelis e do outro o senador José Maranhão (PMDB), defensor do candidato Eguinaldo Eulâmpio.


Paraiba.com.br


Foto/Ilustração