SAMU e PA Maria Marques ficam sem água para beber após suspensão do fornecimento por parte da Prefeitura de Patos



Funcionários do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), do Pronto Atendimento Maria Marques, bem como de outros órgãos da saúde do Município de Patos, relataram, nesta terça-feira, dia 22, que ficaram sem o fornecimento de água para beber durante os plantões.

O caso se deu diante de suspensão do fornecimento de água por parte da empresa responsável que foi contratada pela Prefeitura Municipal de Patos. Existem informações que a alimentação do PA Maria Marques, no Bairro Jatobá, também foi comprometida e servidores questionaram o fato do descaso.

De acordo com informações, a determinação da suspensão do fornecimento de água, alimentação e outros insumos teria se dado diretamente por ordem do prefeito interino Dr. Ivanes Lacerda (Republicanos). A decisão gerou mal-estar dentro de algumas secretarias, pois os secretários ficaram de mãos atadas diante da decisão abrupta do chefe do poder executivo.

A reportagem fez contato telefônico com Dr. Ivanes Lacerda para buscar mais detalhes do fato relatado por servidores da saúde. Ivanes disse que está resolvendo a questão e que vai buscar a solução para o caso.


Jozivan Antero – Patosonline.com