Ronaldinho vai ao Ministério Público do Paraguai para depor sobre passaportes

Ronaldinho e Assis são investigados pela polícia paraguaia (Foto: Divulgação)



Ronaldinho Gaúcho compareceu nesta quinta-feira ao Ministério Público do Paraguai, na Unidade Contra o Crime Organizado. Segundo o jornal local La Nación, ele e o irmão, Roberto de Assis Moreira, terão que depor a respeito do caso dos passaportes falsos.

De acordo com o governo paraguaio, os dois seguirão no hotel onde foram abordados, até segunda ordem. Em coletiva de imprensa, o fiscal Federico Delfino, da Promotoria Pública, afirmou que a numeração do passaporte falso de Ronaldinho corresponde a outra pessoa, informação confirmada no banco de dados do Departamento de Identificação da Polícia Nacional.

O promotor afirma que o ex-atleta saiu do Brasil usando documentos brasileiros, mas que tentou ingressar no país vizinho usando os falsificados.Ao que tudo indica, funcionários do governo paraguaio colaboraram fornecendo esses documentos com conteúdo falso, os quais o ex-jogador afirma que foram dados a ele na chegada ao país, pelos responsáveis que o trouxeram na viagem.


Gazeta Esportiva

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com