Rodo Shopping tem vários espaços sem utilização e a Casa da Cidadania permanece fechada, em Patos – Veja fotos!

????????????????????????????????????



Inaugurado em outubro de 2.012, pelo então Governador Ricardo Coutinho, o Rodo Shopping Edvaldo Mota, localizado no Bairro Salgadinho, às margens da BR 230, em Patos, sedia o SEBRAE/PB, a rodoviária, a Casa da Cidadania, além de dispor de amplos espaços, salas e um moderno auditório.

O prédio vem sendo subutilizado e salas comerciais se encontram fechadas e se deteriorando. Os espaços poderiam estar sendo utilizados por diversos órgãos do próprio Estado da Paraíba e com parcerias do Município de Patos, desta forma, proporcionaria a economia de milhões de reais que são gastos com alugueis de prédios particulares em diversas localidades da cidade.

A Casa da Cidadania, onde se resolvem inúmeros serviços do Governo do Estado, se encontra fechada causando transtornos aos usuários que buscam solucionar questões relativas a documentos pessoais, além de existir a informação oficial que o local também será fechado, passando a funcionar em imóvel alugado no centro de Patos. O deslocamento da Casa da Cidadania é contestado pelo trabalhador Jackson Douglas que relata o descompromisso do Governo do Estado com o prédio do Rodo Shopping e o zelo pelo dinheiro público.

A diretora da Casa da Cidadania, Klécia Lopes, confirmou que existe discussão para o deslocamento do órgão, mas não disse para onde este irá. Klécia relatou que a discussão está com a Secretaria de Turismo do Governo do Estado. A diretora também não falou sobre data de reabertura da Casa da Cidadania em Patos. De acordo com informações, os órgãos estão abertos em Campina Grande e João Pessoa.  

A saída da Casa da Cidadania do Rodo Shopping Edvaldo Mota irá causar também um abalo aos poucos empreendimentos que funcionam no local. O restaurante Pão e Vinho deve ter seu funcionamento ainda mais comprometido, pois depende da movimentação de cidadãos para sobreviver. Aos poucos, o Rodo Shopping vai se tornando um local deserto e pode se tornar símbolo de descaso e abandono do poder público.

Jozivan Antero – Patosonline.com