Ricardo Lewandowski é o novo relator dos agravos de Cássio no STF



"cassio"

O ministro Ricardo Lewandowski é o novo relator dos agravos de Cássio Cunha Lima no STF. Na semana passada os advogados do ex-governador pediram e hoje conseguiram ter atendido o pedido para mudar o relato.

A petição foi impetrada na sexta e acatada pelo presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Cezar Peluso. A relatoria dos Agravos deixa de ser de Joaquim Barbosa, que está ausente do STF cumprindo licença médica.

O recurso de Cássio já foi provido monocraticamente pelo relator. Contudo, a coligação do senador Wilson Santiago (PMDB) ingressou com um agravo regimental, que só poderia ser analisado pelo plenário da Corte quando Joaquim Barbosa estiver em condições de participar do julgamento. Hoje o STF afastou Barbosa do caso definitivamente.

Clilson Júnior/Clickpb

Após redistribuição de agravos, Cássio diz acreditar na conclusão do processo


O senador eleito Cássio Cunha Lima (PSDB) comentou, via twitter, sobre a redistribuição dos agravos regimentais interpostos no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o provimento do recurso extraordinário que pedia o deferimento do seu registro de candidatura. O tucano afirmou que com a mudança de relator o processo agora tende a ser concluído.

Na noite desta segunda-feira (22) o presidente da Corte Suprema, Cezar Peluso, determinou que o novo relator do caso de Cássio seja Ricardo Lewandowski.

"A designação de um novo relator para o processo principal , Recurso Extraordinário – já provido por sinal – aponta para a conclusão do feito", comentou Cássio.

Cássio comemorou a decisão do presidente do STF Cezar Peluso. "O Presidente do STF acaba de determinar a substituição do Min Joaquim Barbosa, que esta de licença medica, pelo Min. Lewandowsk no RE", disse Cássio.  

PolíticaPB