Reviravolta: Prefeito de Santa Terezinha poderá fazer maioria na Câmara



Na área política o final de semana deverá intensificar os acordos com vistas às eleições das novas mesas diretoras das Câmaras Municipais.


 


Em Santa Terezinha, por exemplo, o prefeito Davi Cordeiro, que não conseguiu maioria no legislativo, tem amplas chances de fazer a mesa diretora.


 


As conversas estão mais avançadas com o vereador Zé Nilton, integrante da ala do atual mandatário que não conseguiu a reeleição, Rui Pontes.


 


A matemática é a seguinte: O futuro prefeito tem três vereadores: Célia, (esposa dele), Jezualdo e Borges. O bloco de Rui é composto por: Zé Nilton, Vilma Carla, Otávio Neto e Salomão cordeiro, irmão de Davi, mas ferrenho adversário.


 


Já a ala de Arimateia Camboim, que ficou em segundo na disputa pelo Executivo, tem dois nomes na Casa José Gerealo Camboim, Júnior Corsino e Edílson Balancim, que poderá balançar para os lados de Davi.


 


Desfecho: O acordo pode ser consolidado com um adversário passando a ser presidente na mudança para situação, trazendo mais um nome oposicionista, para garantir a maioria absoluta.


 


Na terra de Chico Rufino o grande trunfo para o comando da Câmara continua sendo a matemática do é dando que se recebe.


 


Damião Lucena