Reviravolta: Gilvan nega convite de Maranhão e diz que PTB está fechado com Ricardo



O ex-deputado Gilvan Freire (PTB) negou na noite desta terça-feira 09 que o governador José Maranhão (PMDB) ofereceu uma secretaria do governo Maranhão III ao PTB, como se especulou nos bastidores da política paraibana nesta segunda-feira 08. Freire revelou que conversou no final da tarde de ontem com o presidente estadual do partido, o deputado Armando Abílio, que afirmou não ter existido nenhuma proposta.


“Conversei com Armando e ele me disse que desconhece tal convite, que não recebeu nenhuma proposta para o PTB compor o governo”, afirmou.


O ex-deputado disse também que, pessoalmente, considera praticamente impossível o PTB se aliar ao atual Governo do Estado, pois o partido já tem compromisso firmado com o projeto político do prefeito de João Pessoa, Ricardo Coutinho (PSB).


“Imagino que o PTB não tenha nenhum interesse em fazer parte da base aliada do governador Maranhão, pois já tem compromisso firmado com Ricardo”, disse.


Com relação ao seu encontro com o governador e a filiação ao PMDB, Freire admitiu que pode sim se encontrar com Maranhão e sair do PTB. Entretanto, destacou que considera o momento inoportuno para deixar a legenda. Ele também afirmou que só sairá do PTB depois de uma conversa com os colegas do partido.


“Posso sim sair do PTB para ampliar alianças que viabilizem a minha candidatura deputado federal, a exemplo da composição com Francisca Motta e Nabor Wanderley em Patos, mas entendo que este instante não é propicio”, sustentou. 


Cristiano Teixeira