Locais

Retorno das aulas é discutido em Patos entre representantes de escolas privadas e município

O Procurador do município de Patos, Alexsandro Lacerda, esteve reunido, nesta quarta-feira, dia 06 de janeiro, com o vereador Josmá Oliveira, representantes de escolas do setor privado e o advogado que representa as escolas do setor privado, André Luiz.

Na ocasião, foi discutida a flexibilização das aulas presenciais e a possibilidade do retorno do setor, com tudo embasado nos critérios pedagógicos, bem como nas recomendações da Vigilância Sanitária que já traçou as diretrizes para o possível retorno das aulas presenciais.

De acordo com o Procurador, está sendo montado um decreto, juntamente com o Conselho Municipal de Educação, tratando de qual será a forma desse retorno.

“Indicamos já que a construção e as deliberações baseadas nas resoluções do Conselho Estadual de Educação, no decreto do Ministério da Educação, tem por base o retorno híbrido na situação em que nos encontramos em razão da pandemia do COVID-19. Gostaria de tranquilizar que não é a certeza ou a determinação da volta das aulas presenciais de forma integral. A maioria dos técnicos indicou que esse retorno será de forma híbrida com a opção dos pais dizerem se eles querem ou não o retorno presencial no ato da matrícula ou até mesmo durante qualquer momento do ano letivo, se por qualquer situação externa ou fora do controle”, explicou Alexsandro Lacerda.

Fábio Santos, representante da Escola Ágape, avaliou que a reunião foi positiva mediante a construção de um plano que vem sendo construído juntamente com a secretaria de educação, secretaria de saúde e Promotoria do município. “Saímos bem animados com essa possibilidade de retorno onde o Procurador nos passou que está sendo finalizado o Plano de Retomada cumprindo todos os protocolos de segurança”, comemorou.

Na próxima semana deverá ser publicado o decreto que estabelece as regras relacionadas à modalidade de retorno das aulas das escolas privadas.

Coordecom

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
close