Locais

Representantes da Escola Especial Irmã Benigna cobram retorno para a antiga sede no Centro de Patos. Ouça

ÓTICAS GUIMARÃES

Representantes da Escola Especial Irmã Benígna, da cidade de Patos (PB), que atualmente está funcionando no Instituto João Tavares, no Centro de Patos, estão buscando junto ao prefeito Nabor Wanderley, uma forma de retornar para a antiga sede que possui estrutura adequada para as necessidades dos alunos.

A presidente do Conselho das Pessoas Com Necessidades Especiais, Lindaci Medeiros, contou que todos estão ansiosos para voltar para a antiga sede, mas que antes disso é preciso que o prefeito mande realizar uma reforma estrutural.

No Instituto João Tavares, onde a escola Irmã Benigna funciona atualmente, o problema maior tem sido a falta de acessibilidade, conforme enfatizou Lindaci.

Outra representante da escola, a professora Silvana, contou que o principal anseio da escola é poder retornar para a antiga sede, que conforme reforçou, possui uma estrutura toda adaptada para receber os alunos.

Ela ainda reclamou que faz oito anos que a escola vem de um local para outro, e que assim não dá condições dos professores trabalharem de forma humanizada.

Portanto, o pedido foi feito ao prefeito, que agora cabe dar uma resposta às necessidades dos alunos da Escola Especial Irmã Benigna.

Ouça mais detalhes nos áudios que seguem.

Lindaci Medeiros, presidente do Conselho de pessoas com necessidades especiais – Áudio: Higo de FIgueiredo/Rádio Espinharas
Professora Silvana – Áudio: Higo de FIgueiredo/Rádio Espinharas

Matéria por Patosonline.com


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo