Politica

Relatório do TSE aponta que PT omitiu aproximadamente R$ 200 mil em gastos com Google e Facebook

Informação consta em relatório do TSE; técnicos do Tribunal identificaram 50 notas fiscais que não estavam na prestação de contas do partido

ÓTICAS GUIMARÃES

Relatório preliminar do TSE sobre os gastos do PT ao longo da campanha deste ano afirma que o partido deixou de declarar aproximadamente R$ 200 mil com serviços de mídias sociais: especificamente custeios com o Facebook e Google.

Segundo a análise preliminar da Assessoria de Exame de Contas Eleitorais e Partidárias do TSE, os técnicos da Corte identificaram 50 notas fiscais com registros de pagamentos para o Facebook e Google que não constaram na prestação de contas do PT. Ao todo, o partido não declarou gastos no valor de R$ 198,6 mil.

As informações foram obtidas após o cruzamento de informações prestadas pelo PT junto às Secretarias Estaduais e Municipais de Fazenda.

“Trata-se de despesas que, dadas as suas características, como tipo de fornecedor, tipo de despesa e ausência de habitualidade, sugerem tratar-se de gastos pontuais com finalidade eleitoral, o que revela indícios de infração à norma supramencionada, implicando a necessidade de esclarecimentos e de comprovação da real finalidade dos gastos”, declararam os técnicos do TSE no documento, obtido em primeira mão por O Antagonista.

“Dito isso, destaca-se que não houve registro de gastos na prestação de contas com os fornecedores Facebook Serviços Online do Brasil Ltda. e Google Brasil Internet Ltda., bem como não foi possível localizar tais despesas nos extratos bancários do partido”, acrescentam os técnicos.

Os técnicos do TSE também identificaram “descumprimento do prazo” de 72 horas para entrega de relatório financeiro sobre a doação feita pelo bilionário José Seripieri Júnior, o mesmo que levou Lula para Sharm El Sheik, em seu jatinho particular.

Fonte: O Antagonista


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo