Quadrilha que praticava assaltos e tentativas de homicídio é presa em Sousa



Sete pessoas que deram dor-de-cabeça à polícia e à população de Sousa por praticarem diversos crimes neste último final de semana acabaram sendo presas na madrugada do domingo (9) acusadas de prática de assalto, tentativa de homicídio e formação de quadrilha.

De acordo com a polícia, a gangue atacou um morador da cidade, Francisco Cruz da Silva, de 41 anos, quando ele dirigia sua moto na Ponte do Guarda. Dois dos acusados teriam abordado a vítima e o ameaçado com um revólver, acertando o motoqueiro com um disparo no tórax. A vítima acabou caindo da moto e os bandidos aproveitaram e roubaram a moto e uma carteira de bolso, depois conseguiram fugir.

A vítima foi socorrida e levada para o Hospital Regional de Sousa. Por conta dos graves ferimentos, Francisco teve que ser transferido para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa. Ele informou que não sentia os movimentos dos membros superiores e inferiores. Após registrar o relato de Francisco Cruz, a polícia entrou em diligências para localizar os acusados.

A moto foi encontrada juntamente com uma bolsa e um capuz. Os policiais receberam a informação de que o bando estaria na residência de Antônio Carlos dos Santos, no Sítio Cesarino, onde estariam bebendo e comemorando o assalto.

De acordo com a polícia, após a abordagem, um dos acusados teria confessado a participação no roubo. Francisco Alves da Silva ainda teria revelado que o autor dos disparos foi Reginildo Araújo, de 18 anos, que por sua vez teria confessado a tentativa de homicídio.

Nas investigações, policiais ainda descobriram que após o assalto a arma foi entregue a doméstica Azeneide Maria da Silva, de 31 anos que enterrou arma embrulhada em uma camisa no fundo do quintal de sua residência. Ainda na batida policial, foi apreendida uma bicicleta e mais dois quadros de bicicleta com a numeração raspada.

Foram presos: Reginildo Januário, de 18 anos, e Francisco Alves Silva de Albuquerque, de 21, ambos residentes em Uiraúna; Francisco Cordeiro Lopes, de 24 anos; Francinildo Bernardo da Silva, de 22; Antônio Carlos dos Santos, de 26 anos; Claudemir Roque do nascimento; Azeneide Maria da Silva, de 31 anos.

 

Portal www.teixerafm.com.br