PT de Patos pode oferecer cargo de vice-prefeitura ao PMDB



Em uma reunião tida como secreta, militantes do PT de Patos e os pré-candidatos a prefeito e vereador estiveram reunidos na sede do Sindicato dos Professores (Sintesp), neste final de semana, oportunidade em que foi colocada e discutida questões diretamente ligadas ao partido e as eleições de outubro próximo.

Por se tratar de uma reunião fechada, pouca coisa vazou para a imprensa mas sabe-se que existe o firme interesse das executivas estadual e nacional do PT no pleito deste ano na cidade de Patos fato que promete movimentar o quadro político local.

Lenildo Morais, pré-candidato do PT a prefeito de Patos coordenou o encontro, oportunidade em que mostrou dados estatísticos que comprovam o crescimento do PT na “morada do sol ” e, baseado na confiança da população ao trabalho do Governo Federal, vê com otimismo o fortalecimento do partido que este ano entra na disputa com o aval da Executiva Nacional e, pela primeira vez na história política de Patos o Partido dos Trabalhadores parte fortalecido, com respaldo politico e popular.

Segundo foi apurado, a campanha nacional de filiação ao PT chega a Patos já no mês de fevereiro e para Lenildo Morais, a partir de agora o PT de Patos está conectado com com os avanços acontecidos no Brasil e muito mais alerta no acompanhamento dos programas sociais do governo. No entanto, nada adiantou em que bases serão fixados esses apoios ao PT, mas sabe-se que dentre os encaminhamentos estava a possibilidade do PT abrir o cargo de vice-prefeito para o PMDB.

Os pré-candidatos a vereador contactados pela reportagem não quiseram adiantar detalhes da reunião, contudo afirmaram que o PT ao romper com a atual administração, deixou clara a sua posição de descontentamento com o modelo administrativo. Isso mostra que se no passado, foi decisivo na eleição de Nabor Vanderley, agora o partido deve mostrar sua cara e implantar o jeito PT de governar.

 

 

Redação iParaíba