PSDB nacional diz que Cássio e Cícero devem resolver impasse



O presidente da nacional do PSDB, senador Sérgio Guerra (PE) orientou os tucanos Cássio Cunha Lima e Cícero Lucena a conversarem novamente e resolverem o impasse interno existente no partido. A conversa foi durante almoço no restaurante Camarões, em Natal, após o encontro nacional do PSDB que aconteceu neste sábado (26).

Segundo fontes ligadas à executiva nacional do PSDB, Sérgio Guerra afirmou que caso o impasse não seja resolvido se reunirá novamente com os dois tucanos para decidiram os rumos do PSDB na Paraíba. 

Durante essa semana Cássio e Cícero devem se reunir novamente para novas conversações.

Estiverem presentes também no almoço os deputados Arthur Cunha Lima, Rômulo Gouveia e Fabiano Lucena, além dos governadores José Serra, de São Paulo, e Aécio Neves, de Minas Gerais.

Ontem, em reunião que durou cinco horas, Cássio e Cícero discutiram os passos que o partido deve tomar nas eleições de 2010.

Cícero defende candidatura própria ao governo do Estado, mas, segundo o Correio da Paraíba, admitiu renunciar se a direção nacional alegar que não existe obrigatoriedade do PSDB ter palanque para o governador José Serra com candidato ao governo pelo partido.

Cássio admitiu para os mais próximos que poderá deixar a legenda em caso de dificuldade para viabilizar um projeto competitivo para 2010.

PB Agora