PSB aciona Justiça Eleitoral contra invasão de comício em Areia de Baraúnas



A assessoria Jurídica do Partido Socialista Brasileira (PSB) oficializou na manhã desta terça-feira, 19, as denúncias contra o cabo eleitoral, Amarildo Alves de Freitas, da Coligação Por amor a Areia de Baraúnas, (PSDB/DEM), que tem como candidata Vandelita Guedes Pereira (Dona Duquinha), ao Juiz eleitoral da 64ª Zona, que abrange o município de Areia de Baraúnas. De acordo com assessoria de imprensa do PSB, o advogado Ricardo Sérvulo mostrou a gravidade da ocorrência e da omissão do aparato policial e solicitou providências legais.


Segundo o vereador Eriberto Freitas (PT), o cabo eleitoral teria invadido o comício do candidato de oposição, Gerneves Andrade Diniz Basílio (PSB/PT) com um veículo em alta velocidade e com o som ligado, na noite do último domingo, 17, em Areia de Baraúnas, no Sertão Paraibano. De acordo com Eri, como é conhecido o vereador petista, o mais estranho e preocupante é que a polícia foi imediatamente acionada, mas só compareceu ao local tempos depois, quando o elemento já havia se evadido da cena do crime e o carro removido por partidários.


"O povo ficou sem entender porque a polícia não agiu. Será que as ordens do Deputado Mineral impediram a ação da segurança do nosso município?". O candidato oposicionista, Gerneves Diniz, acompanhou as testemunhas até a Delegacia de Patos, onde foi registrada queixa crime e formalizado um BO contra Amarildo de Freitas, inclusive com o depoimento de várias testemunhas que sofreram escoriações.


"Além da tentativa de homicídio, o elemento infringiu a legislação, ao tentar inviabilizar a realização de um evento público de campanha, devidamente autorizado pela justiça eleitoral", afirmou Gerneves.


Assessoria e wscom