Proposta pode elevar para até cinco integrantes o número de músicos que poderão se apresentar em ambientes de Patos

Luiz Porto e banda -mpb, rock e reagge - Lowbrow Lab Arte & Boteco - Goiania



Os músicos de Patos estão reclamando há alguns dias o fato de que eles não podem se apresentar em um número superior a dois integrantes em bares de nossa cidade. Segundo os mesmos, para alguns segmentos musicais é quase impossível desenvolver suas atividades apenas com dois componentes.

Recentemente em conversa com o jornalista, Misael Nóbrega (Notícias a Manhã – Rádio Espinharas FM 97,9) e (Rádio Universidade FM), o presidente da FUNDAP – Fundação Cultural de Patos, Marcelo Lima, revelou que estuda a proposta de elevar esse número para cinco músicos.

Segundo Marcelo, os músicos tem razão, pois é um momento de flexibilização e a maioria das bandas não tem como tocar apenas com dois integrantes, no entanto esses músicos precisam também sobreviver.

É um assunto polêmico, e parte da população acredita que deve ser esperado um pouco mais para a flexibilização das bandas se apresentarem em aqui em nossa cidade com mais de dois integrantes. Já outros pensam que, se é permitido quatro pessoas em uma única mesa, porque não também o mesmo número nos palcos.


Escute agora o áudio de Marcelo Lima presidente da Fundap:

Presidente da FUNDAP – Fundação Cultural de Patos, Marcelo Lima

Patosonline.com

Áudio / Misael Nóbrega (Notícias a Manhã – Rádio Espinharas FM 97,9) e (Rádio Universidade FM)

Imagem – Revista Veja – Google