Policial

Promotor de Cajazeiras tem antecedente de lesão corporal grave

""O promotor de Justiça Carlos Guilherme Santos Machado, que atuava em Cajazeiras e está sendo acusado de tentativa de homicídio contra um cunhado, já respondeu a processo por lesão corporal grave no Rio de Janeiro.

O processo foi instaurado antes de ele ingressar na carreira do Ministério Público. Carlos Guilherme foi absolvido pelo entendimento de que a lesão corporal foi em legítima defesa.

Segundo Janete Ismael, Procuradora-Geral de Justiça, "de fato acorreu o processo, mas ele foi julgado, absolvido e não trará implicações às investigações”.

Uma comissão vai investigar o caso de Carlos Guilherme. É formada pela procuradora de Justiça Sônia Maria Guedes Alcoforado e os promotores de Justiça Francisco de Paula Ferreira Lavor e Romualdo Tadeu de Araújo Dias.

Fonte: Jornal CORREIO e Ascom PMPB


 

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
close