Promotor admite possibilidade de existência de “Grupo de Extermínio” em Patos



O promotor da vara Criminal de Patos, Dr. Leonardo Furtado, foi entrevistado pelo repórter Fábio Diniz da Rádio 102 FM de Patos, na manhã desta quarta-feira, onde falou sobre a onda de violência que se abateu sobre a cidade.

Durante a entrevista, o promotor mencionou a circulação de droga em Patos, o que contribui para o aumento da violência na cidade.

Ele fez um apelo a população para que também contribua com a justiça denunciando algo que posso ajudar as policiais, e a justiça na elucidação de atos criminosos.

O que mais chamou atenção durante a entrevista foi quando o repórter perguntou ao promotor, se diante de tantos crimes com as mesmas características, ele (promotor), acreditava na possível existência de um grupo de extermínio na cidade.

Leonardo Furtado explicou que o nome Grupo de Extermínio era muito forte, porém também era muito forte a ação e maneira com que esses assassinatos foram cometidos em Patos, levando a crer que pode sim, está existindo a ação de um grupo de extermínio na cidade de Patos.

A entrevista foi ao ar no programa Cidade em Debate desta quarta-feira, dia 29 de outubro através da rádio 102 FM.

Marcos Oliveira