BrasilPolitica

Promessa de campanha de Lula, novo salário mínimo ainda não está em vigor

Demora para publicação no Diario Oficial da União chama atenção por recurso já ter sido aprovado no orçamento desde 2022

ÓTICAS GUIMARÃES

salário mínimo no valor de R$ 1.320 só terá validade depois que o presidente Lula oficializar no Diario Oficial da União por meio de uma medida provisória, o que segundo o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, ainda não aconteceu porque o assunto está em discussão entre os ministérios da área econômica e porque a decisão compete ao presidente da República.

Haddad disse ainda que estão estudando a melhor maneira de encaminhar essa questão, já que ainda está em curso o processo de criação dos ministérios e a divisão de equipes. O reajuste do salário mínimo acima da inflação foi uma das promessas de campanha de Lula.

O que chama atenção é que, desde o ano passado, a equipe de transição, chefiada pelo vice-presidente Geraldo Alckmin ,já havia negociado e feito um acordo com o relator do orçamento, o senador Marcelo Castro (MDB-PI), e, sendo assim, já existem reservados os recursos no orçamento para corrigir o salário para o novo valor. No entanto, a peça orçamentária ainda não foi sancionada pelo presidente Lula. Enquanto isso, o trabalhador que tem como base o salário mínimo sente no bolso a demora para o reajuste.

Fonte: Jovem Pan, com informações Berenice Leite


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo