• Dra Milena
Locais

Professores da rede municipal de ensino passam por capacitação sobre primeiros socorros com Corpo de bombeiros e SAMU na cidade de Patos. VÍDEO

ÓTICAS GUIMARÃES

A morte da pequena Maria Thereza, de um ano de idade, em Petrópolis, região Serrana do Rio de Janeiro, despertou a preocupação de pais e responsáveis sobre a segurança de escolas públicas e privadas, na hora de agir em uma urgência e emergência dentro do ambiente escolar. Em Patos, de acordo com Adriana Carneiro, Secretária de Educação do município, os professores da rede municipal de ensino estão sendo treinados com aulas de primeiros socorros com equipes do Corpo de Bombeiros e SAMU, com o objetivo de saber agir em prol da vida da criança enquanto a assistência médica especializada ainda não estiver no local.

A lei municipal n° 5.332/2020, “institui a Lei Lucas, que dispõe sobre a obrigatoriedade da realização de cursos de primeiros socorros por professores e funcionários que tenham contato com alunos nas creches e escolas instaladas no município de Patos, da rede pública municipal e particulares”.

Para o socorrista do SAMU, Antônio de Lima, essa capacitação é essencial para que o professor ou funcionário da escola saiba iniciar os procedimentos enquanto o socorro chega.

“Hoje o professor tem que tá preparado e capacitado para quando se envolver em um acidente ou uma obstrução com criança, ele estar apto a fazer os primeiros atendimentos básicos. O ideal é que exista uma tranquilidade desse socorrista para salvar a vida desse lactente, dessa criança, para você ter mais habilidade para seguir algum protocolo usado, tipo um desengasgo, uma desobstrução de vias aéreas”, alertou o socorrista.

Ainda de acordo com Antônio, os casos são freqüentes na cidade de Patos e a orientação é iniciar o procedimento de desengasgo enquanto outra pessoa chama o SAMU. No vídeo a seguir, o profissional ensina, de forma prática, a técnica de desengasgo, conhecida como manobra de Heimlich, uma técnica de primeiros socorros utilizada em casos de emergência por asfixia, provocada por um pedaço de comida ou qualquer tipo de corpo estranho que fique entalado nas vias respiratórias.

Veja o vídeo abaixo:

Por Wânia Nóbrega – Patosonline.com


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo