• Dra Milena
Policial

Professor e Especialista em Concursos Públicos, Danilo Mesquita, comenta sobre o Edital do Concurso da Polícia Civil da Paraíba

ÓTICAS GUIMARÃES

O Governo do Estado da Paraíba publicou o Edital do concurso público para a Polícia Civil. No edital, foram oferecidas em torno de 1400 vagas para diversos cargos.

As vagas estão divididas para diversos cargos: Delegado, Escrivão, Agente de Investigação, Papiloscopista e Perito de diversas áreas. A remuneração varia de 3,5 mil a 9,5 mil reais, a depender do cargo. As informações mais detalhadas estão no Edital.

Para falar um pouco sobre a oportunidade, o Professor e Especialista em Concursos Públicos, Danilo Mesquita, que é Servidor Público Federal, professor de cursinhos para concursos e de graduações em direito, especialista nas áreas de Processo Penal e Direito Administrativo, com com experiência de mais de 15 anos na área de concursos público, comentou: “É uma ótima oportunidade pra quem vem se dedicando aos estudos. A área da segurança pública é um sonho para muitos e a Polícia Civil da Paraíba é respeitada e reconhecida pelos serviços prestados à sociedade e está oferecendo muitas vagas para vários cargos, com uma remuneração atraente. O estudante deve, nessa reta final, focar seu tempo naquilo que é importante em cada matéria, além de fazer muitos exercícios. Este certame é uma grande oportunidade!!”.

O Patos Online também quis saber se ainda dá tempo para quem vem há algum tempo sem estudar, conseguir a aprovação. O Professor respondeu que: “Ainda dá tempo! Estudar por um material de qualidade, dedicar um tempo diário aos estudos, resolver muitas questões, fazer um cursinho reta final… tudo isso influência na aprovação. Faltam 14 semanas para a primeira etapa do concurso, então organização e foco são essenciais para o sucesso. Depende de cada um! O estudo e o conhecimento não se perde, são tijolos que constroem o alicerce do sucesso: que é a sonhada aprovação e estabilidade.”

Confira o edital:

Patosonline.com


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo