PRISÃO REVOGADA: saiba como votaram os 36 deputados estaduais sobre destino de Estela Bezerra



Já passava das 20 horas desta terça-feira (18), quando 25 deputados estaduais da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) decidiram revogar a prisão da deputada Estela Bezerra, alvo da sétima fase da Operação Calvário. Além do voto declarado de Cabo Gilberto (PSL), também ficaram conhecidas as ausências dos deputados Júnior Araújo (Avante), Moacir Rodrigues (PSL) e Nabor Wanderley (Republicanos).

O que também houve de público na votação, foi o requerimento da deputada Cida Ramos (PSB), enviado à Mesa Diretora, para não participar da votação, o que foi acatado pelos parlamentares. Apesar da votação ter sido secreta, a reportagem do Polêmica Paraíba apurou durante todo o dia como podem ter votado cada deputado na votação que selou, a curto prazo, o destino de Bezerra.

Abstenções

Com base nas assinaturas do parecer da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), que pediu a revogação da prisão da parlamentar, é possível verificar que os deputados Wallber Virgolino (Patriotas) e Camila Toscano (PSDB) foram contrários ao parecer e favoráveis à detenção da socialista. No plenário, no entanto, Wallber Virgolino se absteve, assim como Cida.

Manutenção da prisão

A reportagem teve acesso a informações de bastidores das articulações antes da votação que aconteceu ontem. Conforme nove parlamentares ouvidos pela reportagem, sob condição de anonimato, foram os seguintes os nomes dos cinco parlamentares que optaram pela manutenção da prisão de Estela: Camila Toscano (PSDB), Eduardo Carneiro (PRTB), Raniery Paulino (MDB), João Henrique (PSDB) e Cabo Gilberto (PSL), todos da oposição.

Revogação da prisão

Antes da proclamação do resultado final, que mostrou 25 votos favoráveis à liberdade de Estela, o presidente da Casa, Adriano Galdino, disse que os parlamentares não julgaram o mérito do processo nem desrespeitando o judiciário, mas concedendo a chance de Estela Bezerra se defender em liberdade. Ele defendeu o papel do legislativo, mas o resultado da votação gerou críticas.

Conforme os parlamentares ouvidos pela reportagem, os deputados a seguir votaram pela revogação da prisão e consequente liberdade da deputada Estela Bezerra.

1 – Felipe Leitão (DEM)

2 – Adriano Galdino (PSB)

3 – Anderson Monteiro (PSC)

4 – Branco Mendes (Pode)

5 – Caio Roberto (PR)

6 – Edmilson Soares (Pode)

7 – Dr. Érico (Cidadania)

8 – Jane Panta (PP)

9 – Genival Matias (Avante)

10 – Trócolli Júnior (Pode)

11 – Inácio Falcão (PC do B)

12 – Galego de Sousa (PP)

13 – Jeová Campos (PSB)

14 – Bosco Carneiro (Cidadania)

15 – Wilson Filho (PTB)

16 – Jutahy Menezes (Republicanos)

17 – Lindolfo Pires (Pode)

18 – Cláudio Régis (PP)

19 – Manoel Ludgério (PSD)

20 – Chió (Rede)

21 – Ricardo Barbosa (PSB)

22 – Buba Germano (PSB)

23 – Tião Gomes (Avante)

24 – Taciano Diniz (Avante)

25 – Pollyana Dutra (PSB)

Fonte: Polêmica Paraíba