Presidente do Sindicato dos Garis diz que categoria deve paralisar serviços na cidade de Patos



Radamés Cândido, presidente do Sindicatos dos Trabalhadores nas Empresas de Limpeza Urbana do Estado da Paraíba (SINDLIMP-PB), o popular Sindicato dos Garis, fez contato com a imprensa para relatar a revolta diante da falta de pagamento dos salários dos trabalhadores na cidade de Patos.

De acordo com Radamés, a Empresa Conserv, que presta serviços de varrição e coleta de lixo de forma terceirizada para a Prefeitura Municipal de Patos, não pagou os salários referente ao mês de setembro e também atrasou o vale alimentação dos garis.

Diante da falta de respeito aos direitos trabalhistas, os garis podem paralisar as atividades ainda nesta sexta-feira, dia 11, quando representantes do SINDLIMP-PB mais uma vez estarão na cidade de Patos para tentar solucionar o impasse. Radamés afirmou que existe um descompromisso nos acordos firmados entre prefeitura e empresa e os garis são os prejudicados.

A reportagem fez contato com Olegário Freire que é gerente da Empresa Conserv. Ele disse que houve um mal-entendido de informações, pois apenas 50% dos trabalhadores recebeu e falta a outra metade.


Editado às 19h51

Jozivan Antero – Patosonline.com