Presidente do PSB Patos não acredita em aliança PSB e PSDB na PB



O presidente do Partido Social Brasileiro – PSB, diretório municipal de Patos, advogado Aluísio Queiroz, foi o entrevistado do programa Cidade em Debate da Rádio 102 FM de Patos, onde fez um balanço da atuação do partido nas últimas eleições municipais.


 


Aluísio disse que o partido trabalhou e participou ativamente da reeleição do atual prefeito Nabor Wanderley, bem como para eleger o candidato do partido, vereador Bonifácio Rocha.


 


Entre os motivos citados pelo advogado que contribuiu para a não reeleição de Bonifácio Rocha, Aluísio citou o acidente sofrido por Bonifácio, o que impossibilitou o contato de corpo-a-corpo com o eleitor.


 


Perguntado por um dos apresentadores sobre a possibilidade de união entre o PSB e PSDB na Paraíba, ou seja, do prefeito da Capital, Ricardo Coutinho, com o grupo Cunha Lima, liderado pelo governador Cássio Cunha Lima, Aluísio Queiroz disse que não acredita nessa possibilidade, citando algumas justificativas.


 


Segundo ele, a ideologia do PSB (oposição), diverge da do PSDB (situação). Outro ponto frisado pelo presidente do PSB, foi a verticalização. Ele exemplificou que os partidos serão obrigados a manter a mesma coligação em nível nacional, e ele acredita que os partidos (PSB e PSDB), não farão essa coligação em “esfera” nacional.


 


Redação do Patosonline