Presidente da OAB Patos afirma que desdobramentos da Operação Calvário podem resultar na cassação do governador João Azevêdo. Ouça;



O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil-OAB, subseção de Patos, Fred Igor, disse nesta quarta-feira, 18, ao Patosonline.com, que os desdobramentos da sétima fase da Operação Calvário poderão resultar num processo de cassação contra o governador João Azevêdo, (Sem Partido).

Segundo Fred Igor, o andamento das investigações poderá repercutir também na Justiça Eleitoral, caso seja comprovada a utilização de recursos oriundos de caixa dois na campanha de João Azevêdo em 2018, o que resultando no seu afastamento do cargo, dando lugar a vice-governadora Lígia Feliciano, ou mesmo na cassação da chapa completa e na necessidade da realização de novas eleições na Paraíba.

O presidente da OAB disse ainda que as investigações da Operação Calvário deverão provocar um momento de grave instabilidade política no estado, a exemplo do que está vivenciando a cidade de Patos. Ouça as palavras do presidente da OAB Subceção de Patos, Fred Igor;

Patosonline.com




Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal Patosonline.com não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.