Presidente da ASPOL faz alerta para falta de EPIs para o trabalhos dos policiais civis da Paraíba. Ouça;



A presidente da Associação dos Policiais Civis de Carreira da Paraíba- ASPOL/PB, Suana Melo, participou do jornal Notícias da Manhã desta segunda-feira, na Rádio Espinharas FM de Patos, para alertar sobre a falta de Equipamentos de Proteção Individual – EPI’s, para a proteção contra o novo coronavírus, para os investigadores criminais do estado.

De acordo com Suana Melo, o número de policiais infectados tem aumentado em todas as regiões do estado, e as unidades policiais não estão recebendo as condições mínimas de higienização, máscaras, luvas e álcool 70%, para serem utilizados na jornada cotidiana dos profissionais.

“A ASPOL fez várias visitas as delegacias de polícia e percebemos que houve a entrega de materiais de proteção individual como máscaras, álcool gel, luvas, materiais esses que foram doados pela associação e não está havendo a doação regular desses equipamentos”,


Suana Melo destacou a necessidade de um tratamento respeitoso aos policiais, que também estão na linha de frente em relação ao risco dos policiais, uma vez que tem ocorrido situações concretas de contaminação e de morte de alguns profissionais.

Ela acrescentou que desde o dia 18 de março deste ano, a entidade tem enviado ofícios à Secretaria da Segurança e da Defesa Social e à Delegacia Geral, para que fossem colocadas em prática medidas de proteção à saúde dos investigadores que estão na linha de frente.

Recentemente, a diretoria da ASPOL tomou a iniciativa e distribuiu mais de três mil máscaras, além de álcool 70% e luvas para todas as unidades da Polícia Civil, em quantidade suficiente para todo o efetivo.

Suana Melo

Por Genival Junior – Patosonline.com


Áudio de Misael Nóbrega