Presidente da AISP divulga Nota esclarecendo sobre suposta afirmação envolvendo vereadores de Patos. Veja



Venho a público esclarecer que os trechos de uma conversa privada entre minha pessoa e o empresário Adolpho Crispim foi exposta de maneira irresponsável e fora do contexto, e por ser algo entre duas pessoas civis, não representa a opinião da Associação de Imprensa do Sertão Paraibano (AISP).

Com pouco mais de um mês que o vice-prefeito Bonifácio Rocha assumiu de forma interina a gestão municipal e circulava na cidade de Patos uma conversa de que alguns vereadores estariam tentando extorquir o novo gestor, e que o empresário e Presidente do Partido Popular Socialista (PPS), Adolpho Crispim, estaria articulando com a câmara troca de cargos e até mesmo secretarias na gestão, no intuito tentar controlar a situação. Então, comentando sobre essa situação em uma conversa de WhatsApp com o mesmo, deixei claro que se diante do que circulava nos bastidores da política EXISTISSE algum vereador mal intencionado, a gestão não deveria ceder a chantagens e nem muito menos fazer barganha, mas sim buscar uma coalisão entre os respectivos Poderes Legislativo e Executivo, para tentar retirar o município da situação delicada a qual está enfrentando no momento, também afirmei que disseminar esse boato de que poderia haver um possível golpe parlamentar não seria salutar, pois só geraria mais instabilidade para a gestão, inclusive o mesmo concordou comigo. 

Restabelecida a verdade, reitero meu respeito ao Legislativo patoense, e lamento a forma irresponsável e má intencionada pela qual foi exposto TRECHOS da conversa informal entre duas pessoas que a princípio apenas discutia sobre o bem de Patos e do povo patoense, e a denúncia não tem nada de formal haja vista comentar o que circulava nos bastidores da política Patoense.

20/10/2018

Att.
Ulisses Leandro C. Neto