• Dra Milena
Notícias do internauta

Presença de Artes Rupestres na pedra do letreiro no município de Pedra Branca Paraíba.

ÓTICAS GUIMARÃES

A equipe do piancopb.com da cidade de Piancó, com Pedro José e Alan, estamos  na série: “Os rastros das Artes Rupestres no Vale do Piancó”, desta vez estivemos na cidade de Pedra Branca no dia 21 de Dezembro de 2013. Pois, o nosso guia foi o Professor Anacleto Teotonio dos Santos Filho natural de Pedra Branca, lá encontramos um lugar exuberante e excelente para práticas turísticas no local, como pudemos observar há muitas pedras em volta, é considerado como o maior bloco de pedras do mundo.

Nesta pedra do letreiro como é conhecido por todos em Pedra Branca, de acordo com Anacleto com relação as pessoas que já passaram por lá, dentre eles estão pesquisadores da Universidade Federal do Rio de Janeiro e da Paraíba que passou para conhecer o lugar, disse o seguinte:”Essas inscrições era aproximadamente de três mil e dez mil anos atrás. Eram os povos dessa época em que registravam o que eles mais cultuavam vida deles que era a vida, a alimentação e a bebida. Além disso, ele produziam e por onde eles andavam registravam tudo em pedras, que eles cultuavam no dia a dia”. Lá pudemos ver uma pintura num formato de um pênis masculino, pés de aves, lagartos cruzando indicando a reprodução da espécie,  mãos humanas, um caracol, folha da jurema da qual eles fermentavam a partir da casca e faziam bebidas para ingerir e ficavam embriagados, corresponde a nossa cachaça hoje, mas que com menos teor alcoólico. Assim, eles se mostravam grupos nômades que se dedicava a caça, ao culto, a vida e sua perpetuação, e também encontramos na mesma pedra grande, um som no sentido de um sino de Igreja, da qual pudemos registrar esse momento (Ver vídeo completo abaixo). Na mesma cidade de acordo com moradores há outro local que guarda esse patrimônio da humanidade, no alto da serra. E nós iremos em outra oportunidade fazer uma visita, para trazer a todos aqueles que se interessam no assunto, mostrar toda essa beleza existente no município de Pedra Branca, e na certeza que toda sociedade pedrabranquense irá contribuir para que no futuro esses locais possam se tornar sítios arqueológicos pela SPA (Sociedade Paraibana de Arqueologia) possa fazer novos estudos em todo o Vale do Piancó que consta dessas relíquias da humanidade para se tornarem lugares turísticos para todos os visitantes do mundo inteiro. Arte rupestre é o nome da mais antiga representação artística da história do homem. Os mais antigos indícios dessa arte são datados no período Paleolítico Superior (40.000 a.C.); consistiam em pinturas e desenhos gravados em paredes e tetos das cavernas. Isso demonstra que o homem pré-histórico já sentia a necessidade de expressão através das artes, algo inerente ao ser humano. As representações feitas nas cavernas eram de grandes animais selvagens, na tentativa de tentar reproduzir as caçadas da forma mais real possível. O homem pré-histórico usava ossos de animais, cerâmicas e pedras como pincéis, além de fabricar suas próprias tinturas através de folhas de árvores, sangue de animais e excrementos humanos. 

De acordo com Émile Cartilhac, um dos mais respeitados historiadores da Pré-História do final do século XIX, acreditava que as manifestações artísticas feitas nas cavernas eram algo de autoria dos criacionistas (aqueles que crêem que Deus criou o universo), pois assim, eles poderiam desmentir a teoria evolucionista de Charles Darwin, visto segundo ela, o homem da época não era dotado de capacidade suficiente para fazer aquilo. 

No entanto, a veracidade da arte rupestre foi comprovada mediante recentes reavaliações, demonstrando o alto nível de capacidade de arte do homem pré-histórico, que, com ferramentas básicas, produziu manifestações artísticas bastante relevantes para sua época, transformando as cavernas nos primeiros museus da humanidade.

piancopb.com da cidade de Piancó Paraíba.

 

assita ao vídeo no link:http://youtu.be/cY8UcEkPKLs

Image

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo