Locais

Prefeitura de Patos revoga processo de licitação do aterro sanitário; secretário de administração explica

A administração abrirá uma nova licitação, desta vez, de forma eletrônica, para atrair mais empresas e aumentar a concorrência na tentativa de executar o que foi acordado com o Ministério Público

ÓTICAS GUIMARÃES

A Prefeitura Municipal de Patos divulgou em seu Diário Oficial do dia 17 de Novembro a revogação da licitação para contratação de empresa para remoção, recepção e transbordo do lixão para o aterro sanitário na cidade de Sousa.

O motivo apresentado na revogação seria o valor final da tonelada de resíduos sólidos que ficou superior a pregões anteriores, ferindo, segundo a gestão, os princípios da economicidade, razoabilidade e no sentido de “evitar excesso de gastos com contratações e assegurando o equilíbrio das contas públicas”, diz o documento.

O secretário de administração de Patos, Francivaldo Dias, em contato com a reportagem do Portal Patoense, afirmou que o pregão foi cancelado pela necessidade do município encontrar uma proposta mais vantajosa para realizar o serviço de transbordo e recepção dos resíduos em aterro sanitário.

“No referido pregão, o preço alcançado devido a falta de concorrência, devido poucas empresas terem participado do pregão, foi no valor de R$ 163,00 por tonelada transportada e destinada ao aterro sanitário. O referido valor foi muito superior ao certame realizado no início do ano, que teve que ser cancelado por falhas no edital”, explicou o secretário.

A administração abrirá uma nova licitação, desta vez, de forma eletrônica, para atrair mais empresas e aumentar a concorrência na tentativa de executar o que foi acordado com o Ministério Público e realizar a destinação correta dos resíduos produzidos na cidade de Patos.

Veja a publicação:

Fonte: Portal Patoense


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo