Prefeitura de Patos realoca vendedores de frutas para espaço próximo ao Mercado da carne



O Procurador do Município de Patos, Alexsandro Lacerda, explicou, nesta manhã de terça-feira, dia 23 de março, sobre a realocação dos ambulantes e camelôs das calçadas do centro da cidade para um local adequado para as categorias, que é o Centro de Comercialização Batista Leitão, localizado no centro da cidade. Ele ainda acrescentou que a Prefeitura de Patos, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico solucionou a problemática relacionada aos vendedores de frutas e legumes, uma vez que usurá um espaço que estava ocioso, e que o mesmo agora terá utilidade para esses comerciantes, que é próximo ao mercado da carne (Juvino Lilioso).

Tanbém será criado um estacionamento para motocicletas.

“A Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Habitação encontrou um ponto para as poucas pessoas que não possuíam um estabelecimento. Além disso, os serviços das secretarias estão disponíveis no Centro de Comercialização Batista Leitão para recadastramento dos ambulantes, assim como não tendo a presença do trabalho infantil”, disse.

A ação que foi oriunda de determinação do Ministério Público ocorreu para que os espaços para pedestres fossem desocupados para a melhor mobilidade urbana e do passeio público na cidade.

Alexsandro explicou que alguns desses comerciantes com estabelecimentos em calçadas já possuem comércios no mercado público, porém criaram uma filial nas ruas do centro.

Para Alexsandro, o centro de Patos já possui uma outra perspectiva e fluidez do trânsito, sem vias ocupadas e com maior facilidade para os pedestres e idosos, além de uma menor aglomeração de pessoas no foco central da cidade. 

“A edição do decreto teve a previsão para o funcionamento e a fiscalização a partir do dia 17/03, porém, ela só aconteceu ontem (dia 22) porque as melhorias não foram concluídas. Só após a conclusão da rede de drenagem, esgotamento sanitário, reforma de banheiros, estabelecimento de mais dois pontos de alternativos é que seria possível realizar a relocação”, explicou Alexsandro.

Vários ambulantes já estão se deslocando para o Centro de Comercialização realizando o seu cadastramento e primando pela regularização e formalidade. O local também contará com dois pontos de alternativos.

Coordecom