Prefeito Nabor Wanderley diz que rescisão de contrato com a Conserv foi amigável. Sindicalista Radamés Cândido também comenta o assunto. Ouça;



O prefeito de Patos Nabor Wanderley, detalhou em entrevista ao programa X da Questão, apresentado pelo jornalista Misael Nóbrega na Rádio Universidade FM 105,1, sobre o fim do contrato com a empresa Conserv, que respondia pela coleta de resíduos sólidos de Patos, que passou a ser feito a partir desta semana pela empresa MB Engenharia LTDA, por meio de um contrato emergencial.

De acordo com Nabor, a Conserv já havia sido notificada por conta de problemas de ordem fiscal, o que resultou em uma rescisão de contrato amigável a pedido da própria empresa.

“Nós notificamos a empresa, foi feita uma decisão e a empresa essa semana solicitou uma rescisão de contrato amigável, para evitar um problema maior”, explicou o prefeito Nabor Wanderler. Ouça;

Por sua vez, o presidente do SINDILIMP, Radamés Cândido, disse que o reaproveitamento dos trabalhadores que prestavam serviço na limpeza urbana a Conserv com a nova empresa, foi discutido com Nabor na reunião ocorrida entre as partes no dia 18 de fevereiro.

“Tivemos uma conversa muito boa e o prefeito deixou o sindicato bastante tranquilo em relação a empresa que viria fazer o serviço, deixou em aberto à discussão também e o acompanhamento da própria prefeitura no tocante a situação que tava vivenciando e a humilhação que os trabalhadores da limpeza urbana estavam passando”, disse Radamés Cândico.

Radamés acrescentou que já tinha conhecimento sobre os serviços da nova empresa e confirmou para entre os dias 12 e 15 de março, uma nova conversa sobre o pagamento dos direitos trabalhistas aos servidores que estão se desvinculando da Conserv. Ouça o sindicalista;


Por Genival Junior – Patosonline.com

Áudios de Misael Nóbrega