• Dra Milena
Politica

Prefeito Nabor retira projeto de votação para esclarecer emenda que desfaz acordo firmado

Além do piso salarial que já está sendo pago, o prefeito relatou que chegou a um acordo referente a uma gratificação especial e ainda ao adicional de insalubridade

ÓTICAS GUIMARÃES

O prefeito de Patos, Nabor Wanderley, retirou de votação o projeto de lei que visa garantir acréscimos salariais aos agentes comunitários de saúde e agentes de endemias, após ter recebido a notícia de que o vereador José Gonçalves apresentou emenda para solicitar alteração no projeto.

Nabor explicou que ocorreram algumas reuniões com representantes do Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias, e também do SINFEMP, onde teve a oportunidade de mostrar a realidade do município e reafirmar seu compromisso de gestor com as duas categorias.

Além do piso salarial que já está sendo pago, o prefeito relatou que chegou a um acordo referente a uma gratificação especial e ainda ao adicional de insalubridade.

“Foi discutida e aprovada em assembleia a proposta que nós demos. Inclusive o sindicato veio confirmar aqui em reunião conosco. Ficou tudo acertado e no outro dia encaminhamos o projeto para a Câmara, para ser votado. Mas no dia seguinte o líder do governo disse que tinha sido apresentada uma emenda para modificar o acordo que tinha sido feito”, contou o prefeito.

Preocupado com a notícia, Nabor Wanderley retirou o projeto de votação para se reunir novamente com as representações sindicais, e para saber o que aconteceu com o acordo firmado.

“Eu acho que na hora que a gente faz um acordo, esse acordo tem que ser cumprido. E na hora que um vereador que faz parte do sindicato, que participou das reuniões com a gente, e coloca uma emenda modificativa do que foi acertado, eu entendi que o acordo tinha sido desfeito”, acrescentou.

Independente do tempo que leve para que o projeto de lei retorne para votação, o prefeito garante que as categorias não terão qualquer prejuízo, já que haverá retroativo dos acréscimos salariais.

NAbor Wanderley

Coordecom


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo