Prefeito Nabor explica porque exigiu que Patos participe das reuniões do governo para tratar da pandemia. Ouça



O prefeito de Patos, Nabor Wanderley (Republicanos), surpreendeu a todos quando demonstrou-se insatisfeito com a atitude do governador João Azevêdo, que nesse último domingo (07) se reuniu de forma remota com representantes de João Pessoa e Campina Grande, mas deixando a cidade de Patos e todo o interior sertanejo fora da discussão no tocante às medidas de combate à Covid-19.

Nabor disse que o momento é de decisões importantes, e que todas as localidades do estado precisam ser ouvidas, sobretudo o sertão.

Ainda sobre a questão, Nabor exigiu que a cidade de Patos e região passem a participar da discussão, uma vez que além de estar desenvolvendo ações para enfrentamento da pandemia, toda a região ainda precisa tratar da questão econômica e financeira, de modo as medidas sejam tomadas com responsabilidade e em conjunto.

E por último reforçou que a luta contra a pandemia deve continuar, mas que a cidade de Patos precisa participar das discussões que envolvem os problemas que afetam toda a Paraíba.

Ouça mais detalhes no áudio que segue.

Matéria por Patosonline.com