Prefeito Ivanes Lacerda corre contra o tempo e precisa urgentemente de autorização da câmara para realizar São João. Ouça



O prefeito interino de Patos, Ivanes Lacerda, falou na imprensa local ao longo dessa última semana sobre como pretende realizar o São João de Patos 2020, e o motivo de convocar a câmara de vereadores para apoiar essa decisão, mediante a aprovação de um projeto de lei que destina o valor de até 1 milhão e meio de reais, como aporte financeiro para a empresa licitada e autorizada a realizar o evento.

Ele frisou que o São João pode ser realizado de duas maneiras, sendo a primeira de forma direta, com a Prefeitura de Patos bancando todos os custos, ou ainda por meio de uma contribuição financeira destinada à empresa que vencer a licitação, e assim ficar apta para assumir o evento.

Ivanes garantiu que o São João em qualquer município sempre foi realizado com dinheiro público, inclusive em Patos. Mas pontuou que recentemente as gestões municipais estão aplicando essa nova modalidade sugerida por ele, que é abrir licitação para a empresa realizadora, e ainda disponibilizar um aporte financeiro mínimo como incentivo.

Ele ainda comentou que a empresa vencedora deve obedecer critérios contidos no edital, inclusive no tocante à contratação das atrações, que deve ser mediante recomendação do prefeito. A empresa que vencer o certame licitatório, terá obrigações e direitos contratuais, conforme detalhou o prefeito.

De acordo com a ideia de Ivanes Lacerda, a prefeitura não vai cuidar de mais nada, apenas disponibilizar o incentivo. Para isso, ele informou que precisa da autorização da câmara de vereadores, e que não pode mais aguardar, uma vez que o tempo está curto e que as atrações estão ficando com agenda cheia.

Ouça mais detalhes na entrevista que segue.

Matéria por Patosonline.com




Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal Patosonline.com não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.