Prefeito interino pode usar recursos extras para gratificar profissionais da saúde durante pandemia do COVID – 19 em Patos



O prefeito interino de Patos, Dr. Ivanes Lacerda (PRB), comentou que pretende usar recursos extras enviados pelo Governo Federal, diante da pandemia do COVID – 19, para complementar gratificação da insalubridade nos vencimentos dos servidores públicos da saúde do Município.

Tal qual fez o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSD), Ivanes Lacerda pretende enviar Projeto de Lei para Câmara Municipal de Patos dando insalubridade no grau máximo, ou seja, 40% nos vencimentos dos servidores da saúde que lidam diretamente com pacientes suspeitos de contrair a COVID – 19.

A gratificação seria temporária e para os funcionários da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), Pronto Atendimento Maria Marques e estuda-se outros casos.

Ivanes Lacerda relatou que está discutindo com o setor jurídico e financeiro da Prefeitura de Patos para analisar viabilidade. O prefeito interino também esteve recentemente reunido com alguns vereadores para agilizar a discussão que deve entrar em pauta de votação com caráter de urgência.


Jozivan Antero – Patosonline.com

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com