Prefeita do Sertão aplica suposto ‘calote’ no pagamento de servidores e entra na mira do MPPB



Especificamente, o inquérito vai realizar “a investigação para apurar suposto ato de improbidade administrativa”

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) instaurou um inquérito civil para apurar um possível “calote” do prefeita do município de Joca Claudino, no Sertão paraibano, Jordhanna Lopes (PTB), com relação ao pagamentos dos salários dos servidores municipais. O despacho que autoriza a investigação foi publicado nesta terça-feira (26), e é assinado pelo promotor de justiça Hamilton de Souza Neves Filho.

De acordo com a Notícia de Fato, fase que antecede o inquérito, a denúncia foi “impulsionada por vereadores do município de Uiraúna”.

Especificamente, o inquérito vai realizar “a investigação para apurar suposto ato de improbidade administrativa praticado pela atual Prefeita do Município de Joca Claudino, relativo a ausência de pagamento de salários aos servidores municipais”.

Diante dos fatos denunciados, o MPPB então resolveu “instaurar o presente inquérito civil público, com o objetivo de apurar os fatos e colher provas para embasar posterior Ação Civil Pública e demais ações cabíveis, se assim for necessário, visando à solução das irregularidades porventura detectadas deste procedimento”.

Confira documento

Paraíba Já