• Dra Milena
Locais

Pré-candidatos de Patos se solidarizam com jornalistas da Rádio Espinharas que foram atacados em redes sociais

Nas redes sociais, internautas, ouvintes, dentre outras pessoas prestam solidariedade aos comunicadores

ÓTICAS GUIMARÃES

Continua tendo bastante repercussão em Patos e região os ataques sofridos pelos jornalistas da Rádio Espinharas de Patos, Marcos Oliveira e Higo de Figueiredo em redes sociais. Os profissionais foram classificados de “rato de esgoto”, “catrevagem”, dentre outros adjetivos pejorativos por integrantes de uma corrente política em Patos.

O pré-candidato a deputado estadual Ramonilson Alves escreveu em seu apoio aos jornalistas que democracia se faz com imprensa livre, plural e inclusiva.

Veja:

Já o pré-candidato a deputado federal Vierinha classificou os profissionais como duas pessoas sérias, sensatas, imparciais e responsáveis em suas atividades.

Veja:           

O pré-candidato a deputado  federal, Vieirinha, presta total solidariedade aos jornalistas, Marcos Oliveira e Higo de Figueiredo da Rádio Espinharas de Patos, pelas agressões sofridas por palavras em rede social, direcionadas ao trabalho sério dos profissionais.”Conheço os dois jornalistas e classifico como duas pessoas sérias, sensatas, imparciais e responsáveis em suas  atividades. Gozo do prestígio de além de conhecer as famílias, conhece-los profissionalmente. Não são justas as palavras proferidas contra ambos e me solidarizo, torcendo para o sucesso cada vez mais crescente, tanto de ambos, como da Rádio Espinharas e o site, patosonline.com, tenham ressonância na sociedade paraibana.” 
Da Assessoria

Os vereadores de Patos, Josmá Oliveira e Jamerson Ferreira também externaram seus apoios aos dois profissionais da emissora da Diocese de Patos.

A professora, Ana Célia, ex diretora do campus da UFCG em Patos, também saiu em defesa dos jornalistas e escreveu:

Marcos Oliveira e Higo de Figueiredo, presto minha solidariedade a vocês, por terem sido alvo de tão duras mensagens. Uma das palavras mais bonitas que conheço chama-se diversidade, que se aplica, tb, a opiniões e posicionamentos, no entanto, existe uma palavra ainda mais bonita, RESPEITO, que foi o que faltou aos disparadores das ofensas e infelizmente falta a maioria das pessoas ultimamente. Então, meu respeito a vcs, grandes profissionais e seres humanos dignos de viverem a liberdade de expressar a diversidade no seu mais amplo sentido. Abraço fraterno da Profa. Ana Célia.

Nas redes sociais, internautas, ouvintes, dentre outras pessoas prestam solidariedade aos comunicadores.

VEJA MAIS:

Jornalistas da Rádio Espinharas são atacados em redes sociais e AISP emite Nota de Repúdio em apoio aos profissionais. Veja

Vereador divulga Nota de Repúdio por ataques sofridos por jornalistas da Rádio Espinharas

Patosonline.com   


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo