Pouca chuva: Meteorologista alerta agricultores e avisa a população que poupe água

Parque Nacional Serra da Capivara - PI



O cenário de chuvas abaixo da média previsto no início de janeiro pelo físico, meteorologista e mestre em Meteorologia Rodrigo Cézar Limeira está se confirmando. As chuvas muito irregulares poderão ser conforme indica o estudioso um problema esse ano para os agricultores da região, numa situação bem diferente da observada ano passado, quando ocorreram precipitações em boa quantidade, algo que favoreceu a agricultura no Semiárido do norte do Nordeste.

Com a Perspectiva indicada pelo estudioso de que o Atlântico Sul na costa leste do Nordeste deverá se manter com temperatura abaixo do normal nos próximos meses, e mais frio que o Atlântico Norte, então é necessário tanto o uso racional da água para evitar o desperdício, quanto evitar prejuízos maiores com a realização de plantios na região.

O estudioso lembra que de 2010 pra cá, as chuvas no Semiárido da Paraíba especificamente foram acima da média em apenas dois anos: 2011 e 2020, ou seja: 2010, 2012, 2013, 2014, 2015, 2016, 2017, 2018 e 2019 choveu de normal a abaixo da média na região, sendo assim, nos últimos 11 anos, choveu pouco em 09.

Com um cenário desfavorável para boas chuvas em 2021, o físico aconselha a população a poupar água. De acordo com pesquisas realizadas, no Semiárido a evaporação retira por ano uma lâmina de água de cerca de 3,5 metros dos reservatórios, ou seja, na região a evaporação é próxima a de um deserto. Dessa forma, poupar água doce é sempre importante, principalmente no semideserto do interior do Nordeste, afirma Rodrigo Cézar Limeira.

Portal Ciência em Foco