Postagem em rede social dando conta de cura de COVID – 19 acaba gerando polêmica na Maternidade Dr. Peregrino Filho, em Patos



A empresária Ana Priscila Andrade, de 35 anos, casada com o médico Dr. Almi Soares, postou em sua rede social na noite deste domingo, dia 03, que ficou curada do novo coronavírus, COVID – 19, após vários dias em isolamento social dentro de sua própria casa tendo assistência do seu esposo, da mãe e da tia.

Ana Priscila postou um laudo do exame de tomografia para constar a cura, porém, a postagem gerou muitos comentários de felicitações pela conquista da provável cura, mas também acabou criando uma confusão dentro da Maternidade Dr. Peregrino Filho e também fora dela, pois, ninguém da direção do órgão e os funcionários sabiam que a empresária estava contaminada até esta noite de domingo.

No texto publicado, a empresária escreve: “Agradeço primeiramente a DEUS minha família que se preocuparam bastante com minha vida e a meu amor companheiro, que não largou um pedaço do meu lado me dando os remédios, sucos, água, minha alimentação na boquinha. Tive uma assistência 100% agradecer também a minha mãe que ficou super aflita a minha tia”mãe @saletemariadeandradesantos que todos os dias mesmo distante estava perto nas ligações de vídeos, sempre nos duas choravamos muito   minha prima irmã @ilanaegypto que também mesmo distante se preocupava me ligando para escutar minha para saber como estava enfim são muitas pessoas que se preocuparam comigo. #Vamosvenceressecovid19#”.

A reportagem do Patosonline.com que recebeu mensagens de funcionários da maternidade. Os funcionários se disseram surpresos e também indignados, pois, o Dr. Almi Soares deveria ter sido afastado para quarentena e não ter dado plantões que colocou a saúde de outras pessoas em risco. Os servidores também relataram que a empresária disponibilizou tomografia, mas esse exame não é o que comprova cura ou doença do COVID – 19.      

Dr. Umberto Júnior, diretor da Maternidade Dr. Peregrino Filho, foi procurado pela reportagem e disse que foi pego de surpresa com a notícia já enviada por outras pessoas por meio de WhatsApp. Dr. Umberto fez contato imediato com o médico Dr. Almi e determinou o afastamento do médico das funções e orientou o teste rápido para COVID – 19 e também coleta de swabs para o casal. “…não dá para fechar diagnóstico só com base numa tomografia…é preciso agir com muita cautela, com muito cuidado e responsabilidade diante desse fato…até que os resultados sejam expostos, ele está afastado”, relatou Dr. Umberto Júnior.


Jozivan Antero – Patosonline.com