Portal diz que Cássio cancelou entrevista que daria nesta segunda para tratar da aproximação com Ric



O ex-governador Cássio Cunha Lima (foto), cancelou a entrevista coletiva marcada para esta segunda-feira, 2.


Informou-se que o encontro cumpriria formalidade de passagem da presidência dos tucanos paraibanos do senador Cícero Lucena para o então chefe do Executivo estadual.


Segundo a assessoria, Cássio Cunha Lima viaja neste domingo e dentro do cronograma estão previstos encontros com os governadores de São Paulo, José Serra (PSDB), e de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB).


Outras fontes informam também que o ex-governador teria cancelado a entrevista por causa de um compromisso político importante fora do Estado.


Mas, segundo o portal “Paraíba.com”, ele se reuniria com o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), que está à frente de uma articulação que visa aproximar o ex-governador da Paraíba com o prefeito de João Pessoa, Ricardo Coutinho (PSB), pré-candidato em 2010.


Trama-se a saída do ex-governador Cássio do PSDB para um partido que participou da coligação partidária que reelegeu Ricardo Coutinho prefeito de João Pessoa, principal colégio eleitoral do Estado. Pré-candidato ao Senado, caberia a Cássio a indicação do vice de Ricardo Coutinho na eleição para o governo.


Depois que foi cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Cássio se isolou e recebeu do senador Cícero Lucena a presidência estadual do PSDB. Se for verdade a saída do ex-governador da legenda tucana, restaria a ele o PTB e o PP.


Os dois partidos estiveram na base aliada do governo passado e teriam participado da coligação que reelegeu Ricardo, na disputada contra o tucano e deputado estadual João Gonçalves, a mando de Cássio.


Hoje, ele estaria a vontade de unir-se a Ricardo sem que seja molestado por nenhuma das legendas da coligação vitoriosa na campanha de João Pessoa.


Afinal, PTB e PP fazem parte do governo municipal e ocupam espaços na administração de João Pessoa. Então, não haveria nenhuma problema para o ex-governador, que seria recebido de braços abertos por todos no Paço Municipal.


Segundo a assessoria, com a viagem ficam canceladas as entrevistas em João Pessoa e Campina Grande e ainda não há previsão de uma nova data para Cássio falar com a imprensa.


FONTE: paraíba e paraiba1